Frutas Exóticas – Pitaya (Hylocereus undatus Haw)

Frutas Exóticas – Pitaya (Hylocereus undatus Haw)

Frutas exóticas, assim chamadas nos países que não as produzem, são tão saudáveis e nutritivas como qualquer outra fruta. Nos países europeus, é costume chamar “frutas exóticas” àquelas que chegam de lugares distantes, geralmente tropicais.

Pitaia amarelaSuas cores, as formas e os delicados aromas têm atraído sempre os viajantes e exploradores. Não há nelas nenhuma propriedade especial de que careçam as frutas comuns, no entanto, saborea-las é um prazer especial que enriquece nossa experiência. A Pitaya é uma dessas delícias exóticas. Conheci-a através do blog do amigo Guillhermo Bolanos que tem um belo exemplar de Pitaya vermelha, que você pode conferir no blog ou no Youtube.

Características da Planta :

Da familia botânica Cactaceae, a Pitaya pertence ao gênero Hylocereus. É planta perene, crescendo comumente sobre árvores ou pedras. Tem raízes fibrosas, abundantes e desenvolve também numerosas raízes adventícias, que ajudam na sua fixação e na obtenção de nutrientes. Uma das formas de propagação da planta é por estaquia.
No vale de Tehuacán no México , ela é chamada de Pitahaya. Essa cactácea nativa dos Andes, foi levada pelos holandeses e franceses para a Ásia, onde são hoje largamente cultivadas em Taiwan, Vietnam, Tailândia, Filipinas, Sri Lanka, e Malasia. São também encontradas em Okinawa, Hawai, Israel , Norte da Austrália e Sul da China.
A pitaya vermelha é uma cactácea cujos frutos são de interesse comercial crescente por produtores e consumidores. Existem pequenas áreas de produção comercial de Pitaya aqui no Brasil em S.P, na região de Catanduvas.
Os frutos da Pitaya são ricos em vitaminas, fósforo, que auxilia o processo digestivo e previne o câncer de cólon e a diabetes. Ajuda, também, a neutralizar substancias tóxicas (metais pesados), reduz os níveis de colesterol e a hipertensão. As sementes têm efeito laxante. Pode-se consumir a polpa do fruto ao natural ou processado como refresco, geléias ou doces. Seu gosto lembra um pouco o do melão e apesar de sua aparencia chamativa, o paladar é suave. Além do fruto, que tem efeito em gastrites, o talo e as flores são usados para problemas renais.

Outros Nomes:

Dentre os múltiplos nomes existentes para a pitaya, destaca-se “rainha da noite”, pois suas grandes flores brancas ou rosadas abrem somente uma noite, fechando-se nas primeiras horas do dia seguinte. Nos países do oriente, como China, Vietnã, Malásia e Japão, é conhecida como “fruta dragão”, pela semelhança com as escamas características da figura do dragão, sendo considerada como uma das flores mais belas do mundo. Na Colômbia é conhecida como Pitahaya amarelo ( Pitahaya amarelo de Colômbia, Pithaya de Colômbia). O nome Pitaia deriva do nome indígena ‘pitaya’ que quer dizer fruto de escamas. As cactáceas tem mais de 600 espécies, conhecidas como cactos. Produzem mucilagens, ácidos orgânicos e glicosídeos. Somente cactáceas do gênero Opuntia produzem frutos comestíveis. 

Na America latina, várias espécies diferentes são denominadas Pitaya e estão agrupadas em 4 gêneros Stenocereus Briton & Rose, Cereus Mill, Selenicereus (B.Berger) Riccob e Hylocereys Britton & Rose. As mais conhecidas são a Pitaya amarela (selenicereus megalanthus (Schum.) Britton & Rose, de casca amarela e polpa branca; Pitaya vermelha (Hylocereus spp. Britton & Rose), cujos frutos são de pele vermelha e polpa branca ou vermelha, dependendo da espécie.

Vejamos algumas espécies dessa deliciosa fruta:

Pitaia - Hylocereus_polyrhizus– Hylocereus costaricensis, os frutos apresentam coloração vermelha tanto na casca quanto na polpa;

Pitaia amarela– Selenicereus megalanthus, conhecida como “pitaya colombiana”, a polpa é esbranquiçada e externamente o fruto possui coloração amarela e a polpa branca.

pitaia– Selenicereus setaceus (Schum), a casca é vermelha e a polpa esbranquiçada.

– H. undatus, porém o fruto é de tamanho menor e apresenta espinhos.

Anúncios

2 comentários sobre “Frutas Exóticas – Pitaya (Hylocereus undatus Haw)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s