Saiba o que é o Colágeno hidrolisado

Os consumidores de hoje estão cada vez mais conscientes dos benefícios proporcionados por alimentos e bebidas nutricionalmente enriquecidos.

Colágeno Hidrolisado em pó

O colágeno é uma proteína primária do tecido conjuntivo, representando cerca de 30% das proteínas de origem animal. É considerado uma proteína-chave do organismo que assegura a coesão, elasticidade e regeneração da pele, cartilagens e ossos. Devido ao seu perfil específico de aminoácidos, as propriedades nutricionais e funcionais do Colágeno Hidrolisado têm sido demonstradas, incluindo: Controle de peso (Saciedade), preveção e tratamento da osteoporose e da osteoartrite, na saúde e beleza da pele cabelo e unhas.

Perfil de aminoácidos na proteína do colágeno
Aminoácidos Proporção (%)
Alanina 11
Arginina 9
Ácido Aspártico 6,7
Cisteína 0
Cistina 0,1
Ácido glutâmico 11,4
Glicina 27
Hidroxiprolina 13,8
Histidina 0,8
Isoleucina 1,5
Leucina 3,3
Lisina 4,3
Metionina 0,8
Fenilalanina 2,4
Prolina 16,0
Serina 4,1
Treonina 2,2
Tirosina 0,3
Valina 2,7

O Colágeno Hidrolisado contém 20 aminoácidos, incluindo 8 num total de 9 aminoácidos essenciais. Caracteriza-se pela predominância da glicina, prolina e hidroxiprolina, que representam cerca de 50 % do teor total de aminoácidos. A concentração de glicina e prolina é 20 vezes mais alta do que em outras proteínas. Esta composição extremamente específica de aminoácidos proporciona ao Colágeno hidrolisado propriedades nutri-funcionais que não encontramos em outras fontes de proteínas.

 

Alta digestibilidade

Diversos estudos realizados demonstraram que o Colágeno Hidrolisado é altamente digerível. Apesar do colágeno nativo ser extremamente resistente e conhecido como não-digerível, o colágeno hidrolisado é desnaturado pode ser facilmente atacado pelas enzimas proteolíticas. Mais de 90% dos hidrolisados são digeridos e facilmente absorvidos após a ingestão oral. (Asghar e Henrickson, 1982 e Rousselot, 2007)

 

Dose recomendada

Provou-se que 10 gramas de Colágeno Hidrolisado por dia satisfazem os requisitos diários para que um adulto possa desfrutar dos efeitos benéficos na saúde das articulações, ossos e pele. (Adam, 1995 ; Moskowitz, 2000)

 

Benefícios do Colágeno Hidrolisado

Comprovado Aumenta a elasticidade e firmeza da pele prevenindo a formação de rugas
Comprovado Reduz as rugas pré existentes
Comprovado Combate a flacidez da pele
Comprovado Combate celulite e estrias
Comprovado Promove o fortalecimento das unhas
Comprovado Promove o crescimento e fortalecimento capilar
Comprovado Combate a flacidez e auxilia no processo de emagrecimento
Comprovado Aumenta a firmeza e tônus muscular
Comprovado Ajuda na formação da massa muscular magra
Comprovado Ajuda a evitar a perda de massa muscular
Comprovado Diminui o tempo de recuperação entre exercícios
Comprovado Aumenta a densidade de massa óssea
Comprovado Preserva a saúde das articulações
Comprovado Ajuda na regeneração da matriz articular
Comprovado Atenua as dores causadas pela artrite
Comprovado Ajuda a proteger as articulações durante as atividades físicas
Comprovado Aumenta a força das articulações, tendões, e discos intervertebrais
Comprovado Atenua sintomas de tendinites e LER
Comprovado Ajuda a tratar lesões ulcerativas no trato gastrointestinal
Em estudo Auxilia no funcionamento do sistema linfático
Em estudo Estimula a secreção do hormônio do crescimento

Benefícios do Colágeno Hidrolisado

Benefícios do Colágeno Hidrolisado

Aumenta a elasticidade e firmeza da pele prevenindo a formação de rugasReduz as rugas pré existentesAtenua celulites e estriasPromove o fortalecimento das unhas

Promove o crescimento e fortalecimento capilar

Combate a flacidez e auxilia no processo de emagrecimento

Ajuda nas dietas de restrição calórica

Aumenta a firmeza e tônus muscular

Ajuda na formação da massa muscular magra

Ajuda a evitar a perda de massa muscular

Diminui o tempo de recuperação entre exercícios

Aumenta a densidade de massa óssea

Preserva da saúde das articulações

Ajuda na regeneração da matriz articular

Atenua as dores causadas pela artrite

Ajuda a proteger as articulações durante as atividades físicas

Aumenta a força das articulações, tendões, e discos intervertebrais

Atenua sintomas de tendinites e LER

Ajuda a tratar lesões ulcerativas no trato gastrointestinal

Estimula a secreção de Hormônio do Crescimento (HGH)

Melhora a qualidade do sono

O suporte nutricional ideal para melhorar o nível de hidratação e elasticidade da pele prevenindo rugas, estrias e celulites.








Beba beleza…Beba Saúde…Beba Mona • Vie Active!

O colágeno representa cerca de 30% de toda proteína do organismo
humano. Suas principais funções são dar sustentação e elasticidade à
pele, ossos,
cartilagens, ligamentos e tendões.

A partir dos 30 anos, o corpo sofre uma perda de colágeno por volta
de 1% ao ano, e aos 50, passa a produzir apenas uma média 35% do
colágeno
necessário para a manutenção da beleza e da saúde.

O uso diário de colágeno hidrolisado não tem contraindicação e é
capaz de estimular a produção
do colágeno natural que se perde com o passar do tempo. A reposição
com suplemento de colágeno hidrolisado está surgindo como uma nova
ferramenta para a manutenção da saúde e beleza.

Por meio da ingestão de suplementos alimentares desta natureza o
nosso organismo obtém de maneira significativa os benefícios do
colágeno.

O colágeno hidrolisado em pó permite que o nosso organismo mantenha
uma quantidade de massa muscular adequada, ajudando-o a utilizar
eficientemente suas reservas de gorduras.

Além disso, o colágeno hidrolisado em pó é um eficiente aliado contra flacidez e, quando aliado à atividade física,
torna-se uma excelente fonte protéica, capaz de sintetizar massa magra, mantendo o aspecto jovial do nosso corpo.

O colágeno hidrolisado é um grande aliado para quem quer manter a beleza e a saúde.

A importância do colágeno

A importância do colágeno

Estamos de volta para falar um pouco mais sobre a importância do colágeno.

Para começar, é importante dizer que o colágeno é uma proteína. Mas não se trata de qualquer tipo, não. Ele exerce papéis fundamentais em nosso organismo. O colágeno representa aproximadamente 25% de toda proteína presente no corpo humano e tem como função dar sustentação às células, mantendo-as unidas e firmes. Além disso, é o principal componente proteico de órgãos como a pele, os ossos, as cartilagens, os ligamentos e os tendões,. Como desempenha funções essenciais, o nutriente é naturalmente produzido pelo nosso corpo, desde que nascemos. Mas nem pense em respirar aliviada por conta disso. Com o passar dos anos, a produção de colágeno vai ficando reduzida, até chegar a níveis bastante preocupantes. Na maturidade, que chega por volta dos 50 anos, produzimos em média apenas 35% do colágeno que necessitamos.

Engana-se quem acredita que a suplementação de colágeno é uma necessidade exclusiva das mulheres maduras. E, se apenas a ideia de prevenção não a convence a começar antes, outros dados podem ajudar.Pesquisas mostram que, por volta dos 25 anos, o organismo já começa a diminuir a produção do nutriente. E não se trata apenas de uma questão de idade. Fatores externos também podem refletir negativamente nos níveis da proteína. Hábitos como o tabagismo e a exposição solar excessiva reduzem a oferta de colágeno no organismo, afetando a sustentação e a elasticidade da pele. Isso sem falar do estresse, que causa o envelhecimento precoce das células e consequente perda do nutriente . E, cá entre nós, amiga, nos complicados dias de hoje, quem é que está livre do fantasma do estresse, não é mesmo? Por isso, o jeito é se cuidar e não ficar à mercê dos seus efeitos nocivos. Sua beleza e saúde, com certeza, agradecem!

 MonaVie Active: Colágeno hidrolisado mais 19 tipos de frutas
Compre já: www.monavie.com

A importância do colágeno para o corpo

colageno 300x296 A importância do colágeno para o corpoO colágeno é um tipo muito especial de proteína fundamental para a produção e qualidade de diversos tipos de tecidos, inclusive a pele. Estima-se que mais de 30% de todas as proteínas encontradas no nosso corpo são constituídas por algum dos 12 tipos diferentes de colágenos que existem. Ele é formado naturalmente no nosso corpo, mas começa a se perder na progressão de 1% a cada ano a partir dos 30 anos mais ou menos. Além da idade, outros fatores que podem comprometer a produção desta substância são o tabagismo, excesso de sol sem proteção adequada e de tensões físicas e emocionais.

Em qualquer um destes casos, é preciso fazer uma reposição urgente, a fim de evitar a perda de elasticidade e firmeza da pele, além do enfraquecimento de tendões e ligamentos. Muitas pessoas recorrem ao colágeno em pó para combater o envelhecimento e dar mais viço à pele e aos cabelos, mas a suplementação em si só é recomendada a partir dos 50 anos, quando a produção do organismo cai para bem menos da metade.

No caso de pessoas com menos de 50 anos e saúde geral razoável, uma boa alimentação já ajuda o corpo a produzir colágeno nas quantidades adequadas. Ele é encontrado em grandes quantidades em todos os tipos de carnes. Para ajudar na absorção, é bom consumi-las junto com alimentos que forneçam bastante vitaminas C, E, selênio e zinco, como laranja, limão, acerola, abacaxi, melão, caju, kiwi, goiaba e sementes oleaginosas.
Ah, e desfazendo um mito muito comum nas dietas – aquela gelatina saborizada que se compra em supermercados não é válida enquanto repositora de colágeno, pois apresenta menos de 10% de proteína, um valor muito baixo para que tenha qualquer efeito benéfico. As gelatinas farmacêuticas, daquelas que vêm em cápsulas, até que tem uma boa quantidade da proteína, mas indicado que seja consumida também com os alimentos mencionados que facilitam a absorção.
Fonte: Corpo Saun

A facilidade de absorção do colágeno

A indústria alimentícia vem desenvolvendo produtos como colágeno em pó ou colágeno hidrolizado. Por meio da

ingestão de suplementos alimentares desta natureza o nosso organismo obtém de maneira significativa e eficaz os

benefícios do colágeno.

O colágeno em pó permite que o nosso organismo mantenha uma quantidade de massa muscular adequada,

ajudando-o a utilizar eficientemente suas reservas lipídicas e de açúcar.

Além disso, o colágeno em pó é um eficiente aliado contra processos de flacidez tecidual e, quando aliado à

atividade física, torna-se uma excelente fonte protéica, capaz de sintetizar massa magra, mantendo, assim, o

aspecto jovial do nosso corpo.

Propriedades Fisiológicas

Regeneração tecidual

Refluxo (RGE, RVU)

Tratamento de lesões ulcerativas no trato gastrointestinal

Promoção de apoptose em células tumorais

Cartilagem

Osteoartrite

Osteoporose

Efeito inibitório da ACE (anti-hipertensivo)

Tratamento de trombose (destruição coágulos sanguíneos)

Auxilia no fortalecimento das unhas

Auxilia no crescimento e fortalecimento capilar

Auxilia na hidratação da pele

Efeito no tecido cutâneo

Colágeno Hidrolisado

“A absorção e ação do colágeno em pó ocorrem nos primeiros momentos da ingestão, pois o produto é facilmente absorvido, por ser pré-digerido, caindo diretamente na corrente sangüínea assim que ingerido, beneficiando todo o

organismo, funcionando ainda como reserva orgânica no processo de regeneração e revitalização” observa Farfan.

A importância do colágeno hidrolisado na alimentação

O chamado colágeno hidrolisado é um tipo especial de gelatina. O que o diferencia da gelatina tradicional é a sua

característica de não formar gel, isso porque aplica-se um maior grau de hidrólise na sua extração. Essa

peculiaridade do colágeno hidrolisado o torna mais fácil de ser consumido, já que é solúvel a frio e poder ser

misturado a vários tipos de alimentos, sem alterar sabor, odor ou textura.

A ciência moderna define a gelatina como uma proteína purificada, de origem animal, isolada através de hidrólise

parcial das proteínas do colágeno, encontradas naturalmente em peles de animais.

De acordo com Farfan, a gelatina é um alimento puro e é composta por cerca de 84-90% de proteínas, 2% de sais

minerais e água. É livre de carboidratos e gorduras, assim como de colesterol ou purinas.

“A mais importante propriedade da gelatina é sua capacidade de formar um gel termo-reversível, a partir de

soluções com amplos limites de concentração, isto é, podemos converter uma solução para a forma sólida e

reconvertê-la para a forma líquida, por meio de aquecimento. Por esta razão, é um agente de ligação ideal e

encontra usos nas mais variadas aplicações, como: sobremesas de gelatinas, gomas de gelatinas,“marshmallows”,

caramelos, doces, iogurtes, mousses, queijos cremosos, “aspics” e muitos mais. Gelatina é também importante em

aplicações farmacêuticas e fotográficas”, acrescenta o professor.

Segundo Farfan, como a gelatina e o colágeno hidrolisado são fontes de nutrientes úteis para a manutenção da boa

saúde de ossos, cartilagens, tendões e pele, é recomendado que mantenhamos uma ingestão constante dessas

proteínas ‘colagenosas’.

Fonte: Agência Brasil – ABr.

Colágeno X Organismo Humano

Um organismo saudável necessita de colágeno para a manutenção do tônus muscular e de uma pele firme, com uma

reposição diária de aproximadamente 1g por quilo de peso corporal. Pesquisas mostram que, por volta dos 25 anos,

o organismo começa a diminuir a produção de colágeno em contraposição à necessidade constante dessa

importante molécula no processo de rejuvenescimento e reparação celular.

Aos 50 anos, o corpo só produz em média 35% do colágeno necessário. Supõe-se que esta seja uma das principais

causas do envelhecimento. Com a diminuição do colágeno, os músculos ficam flácidos, diminui a densidade dos

ossos, as articulações e ligamentos perdem a elasticidade e a força, a cartilagem que envolve as articulações fica

frágil e porosa.

Os cabelos perdem o viço, pois diminui a espessura do fio capilar. A pele fica mais fraca, desidratada e sem

elasticidade, culminando em flacidez e no aparecimento de estrias; o ganho de reserva lipídica é mais

acentuado. Segundo Jaime Farfan, professor do Departamento de Alimentos e Nutrição da Faculdade de

Engenharia de Alimentos da Unicamp, “Repomos o colágeno em nosso organismo por meio da alimentação.

Os alimentos de origem animal, tais como carnes, são boas fontes de colágeno, principalmente em se tratando das

carnes vermelhas. Entretanto, para adquirirmos a quantidade ideal que nosso organismo necessita, por meio da

alimentação convencional seria impossível”, afirma.

Conhecendo o Colágeno

O colágeno é uma proteína estrutural básica, representando cerca de 33% do

total de proteínas dos mamíferos. É um componente essencial dos tecidos e

sistema esquelético, sendo encontrado como constituinte da pele, tendões,

cartilagens, ossos e tecido conectivo.

Colágeno in vivo, geralmente é branco, opaco, com fibrilas não ramificadas,

embebidas em uma matriz de mucopolissacarídeos e outras proteínas. A

quantidade depende do tipo de tecido e a idade do animal.

As moléculas de colágeno são constituídas por 3 cadeias, denominadas ? ,

arranjadas de tal forma que 95% correspondem a uma tripla hélice.

COLÁGENO HIDROLISADO – PRATICAMENTE INDISPENSÁVEL NA NUTRIÇÃO

Como orientadora nutritiva do Centro de Treinamento Olímpico de Rhein-Ruhr, pesquisadora de nutrição e proprietária de uma clínica para alimentação, esporte e saúde (ESG, em Neuss), Ursula Girreber sabe muito sobre as exigências nutritivas de atletas.

Níveis constantes de desempenho e saúde são pré-requisitos para aqueles que praticam atividades desportivas, sejam amadores ou profissionais. Uma nutrição apropriada é indispensável em ambos os casos. Os alimentos devem ser frescos e de alta qualidade, contendo baixo teor de açúcar, gorduras simples e álcool.

Mas, será que esta dieta é adequada para todos os atletas? Não, nem sempre! Dependendo da quantidade de esforço envolvido na prática do esporte em questão, e da dieta alimentar praticada, podem ocorrer deficiências de vitaminas, sais minerais, carboidratos e proteínas. Vitaminas e suplementos minerais são importantes para fortalecer o sistema imunológico. Para suprir as exigências energéticas, deve-se incluir quantidades adequadas de carboidratos complexos. Músculos e articulações beneficiam-se com doses adicionais de proteína de alta qualidade.

Colágeno Hidrolisado para as articulações
As articulações e os ossos são, em geral, constantemente submetidos a esforços, que aumentam no caso de atletas que executam várias horas de atividades esportivas todos os dias. “Correr durante uma hora por dia pode causar uma tensão considerável para os ossos e as articulações. O mesmo aplica-se àqueles que freqüentam academias de ginástica e trabalham com pesos várias vezes por semana. Em ambos os casos, as articulações podem ser sobrecarregadas”, conforme a especialista em nutrição, Ursula Girreber.

A proteína é importante para a regeneração do corpo depois do exercício físico. As proteínas fornecem todos os aminoácidos necessários para o metabolismo da articulação. O colágeno hidrolisado (um tipo especial de gelatina) contém os aminoácidos essenciais glicina e prolina em concentração 20 vezes maior do que outras proteínas. Ambos são componentes importantes do tecido conjuntivo e asseguram sua consistência e elasticidade.

O colágeno hidrolisado tem um efeito regenerativo em ossos e articulações. A dor da articulação pode ser reduzida com a ingestão de alimentos enriquecidos com colágeno hidrolisado. Com apenas 10g de gelatina por dia, obtém-se o fornecimento ideal desses aminoácidos tão importantes. Em comparação: se queremos ingerir a mesma quantidade de glicina contida em 10g de gelatina, teremos que beber, por exemplo, 3 litros de leite, comer 160g de carne ou 250g de produtos aspic por dia. No caso da prolina, os números correspondentes são 0,4 litros de leite ou 110g de carne.

Dessa forma, com gelatina é muito mais fácil. Uma bebida de gelatina ou uma colher de sopa de colágeno hidrolisado em um iogurte uma vez por dia é tudo o que necessitamos para manter as quantidades necessárias de glicina e prolina.

Por Ursula Girreber, pesquisadora de nutrição e responsável pelo conselho nutritivo do Centro de Treinamento Olímpico de Rhein-Ruhr